Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Nota de pesar e luto oficial - falecimento do professor Sidnei Quezada Meireles Leite
Início do conteúdo da página
Últimas Notícias

Nota de pesar e luto oficial - falecimento do professor Sidnei Quezada Meireles Leite

  • Publicado: Quarta, 13 de Janeiro de 2021, 09h42

A Diretoria-Geral do Campus Vila Velha comunica com pesar o falecimento do professor Sidnei Quezada Meireles Leite ocorrido no dia 12 de janeiro de 2021 e decreta luto oficial de 03 dias

Nos unimos em solidariedade neste momento de despedida e dor e prestamos nossos profundos e sinceros sentimentos a todos os familiares e amigos.

Sidnei atuava no Campus Vila Velha desde 2019, como coordenador dos cursos de mestrado e doutorado em Educação em Ciências e Matemática - Educimat e sempre exerceu suas atribuições com dedicação, competência e comprometimento, além de ser um grande responsável pelo desenvolvido das pós-graduações no Instituto Federal. Iniciou sua trajetória no Cefet do Rio de Janeiro onde fundou o curso técnico em farmácia e exerceu o cargo de Diretor de Pesquisa, Pós-graduação. Foi transferido para o Campus Vitória do Ifes em 2009, sendo o responsável pela criação do Educimat, além de grande colaborador na conquista do primeiro doutorado do Ifes.

Descanse em paz.

Obs: ainda não há informações sobre o velório. O enterro será no Cemitério de Maruípe (Av. Adolpho Cassoli, 318) em Vitória/ES. 

 

Mensagem do Diretor-Geral do Campus Vila Velha

Como vou me lembrar do Sidnei? Do mesmo jeito carinhoso que ele se despediu de 2020. Sidnei enviou mensagem findando o ano dizendo que 21 era um ano que oportunizava a felicidade, tempo de virar a página e acreditar na saúde, na vacina, na ciência. Ele pedia desculpas pelas turbulências do ano, mas quem imaginaria que 21 seria assim anunciado, preludiado. Sidnei, no dia 14 de dezembro, fez uma última reunião com a gente e queria tanta coisa. Na verdade, nosso herói-colega sempre queria muito, sonhava alto, queria um país com educação, formação de professores, alfabetização científica, e como leão defendia o Ifes e o Educimat. Como vou me lembrar do Sidnei? Ele era um pesquisador sensacional, e se emocionava com Freire e com a CTSA... Como vou me lembrar do Sidnei? Um professor e gestor entusiasmado, dedicado, risonho, que tomava para si as responsabilidades e ia até muito tarde, às vezes 4h da madruga, para escrever suas lições, seus projetos, seus manejos. A reunião do dia 14/12 me marcará para sempre... pois ele pedia unidade... Sidnei pedia para que as pessoas acreditassem no Educimat. Dizia que venceríamos as dificuldades. Queria que construíssemos um prédio para a pós-graduação e que defendêssemos a carga horária de Pesquisa; dizia que precisávamos de mais mãos, mais apoio pedagógico para a pós-graduação. Faremos isso tudo meu amigo. Quanto conversamos nesse último ano para que viesse para Vila Velha... Sidnei queria estar mais próximo dos laboratórios, da educação com as licenciaturas, dos professores da educação básica. Hoje é meu aniversário, mas não tem vela pra soprar, mas sim pra acender. No pedido e na oração que faço, há um compromisso... que vamos lutar as suas lutas meu amigo Sidnei. Que o seu maior produto e presente vai ser defendido. Você nos deixa fisicamente, mas seu espírito vai ser sempre lembrado e aclamado, vamos transformá-lo em tijolos para continuar defendendo a pós-graduação, o ensino de ciências e a própria docência decente. Como vou me lembrar do Sidnei? Do cara que dormia pouco e trabalhava muito, do servidor público exemplar, do homem que lutava pelas minorias, até porque delas fazia parte. Vou me lembrar do homem carinhoso, dedicado e honesto. Vou me lembrar do amigo Sidnei. Há hoje um pouco de Sidnei em todos que amam as ciências e querem uma Educação melhor nesse país.

Para nossos colegas e amigos do Ifes, de Vila Velha e de todos os campi, comunico com pesar que nessa madrugada faleceu nosso Sidnei Quezada Meireles Leite. Suas ideias, exemplo e coragem se perpetuam conosco. Em nome do campus deixo meu afeto, meus sentimentos, em especial para seus familiares. Declaramos luto oficial por 3 dias, em consonância com a homenagem de nosso Reitor. Sidnei é um grito em defesa da educação científica nesse país. Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão... Se fecharem os poucos caminhos, mil trilhas nascerão.

Diemerson Saquetto
Diretor-Geral do Ifes de Vila Velha

 

Ifes decreta luto oficial pelo falecimento do professor Sidnei Quezada

Sociedade Brasileira de Química - nota de falecimento 

Homenagens ao professor 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página